LAR DOS VELHINHOS – EMERSON FERRARI

Durante essa semana o Vice-Governador Rodrigo Garcia, atendendo uma solicitação do munícipe Emerson Ferrari, enviou ao Lar dos Idosos de Dalas R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). O RECURSO JÁ FOI PAGO E ESTÁ NA CONTA DO LAR DOS VELHINHOS

Antes de falarmos mais sobre o envio do recurso, gostaríamos de dizer que, o cidadão Emerson Ferrari, mesmo não ocupando cargo na prefeitura ou câmara municipal, tem mostrado uma influência gigantesca junto aos agentes políticos da esfera estadual e federal. Se somarmos hoje os valores enviados para Palmeira D’Oeste através de Emerson Ferrari, teremos um valor maior ou muito próximo de R$ 500 mil (MEIO MILHÃO DE REAIS)

Voltando a Irmandade Padre Manoel D’Alzan, conhecida como Lar dos Velhinhos de Dalas, desta os recursos são para a reforma da parte dos fundos da Instituição, que inclui a ampliação da lavanderia pela necessidade de melhores condições de trabalho dos funcionários e para atender melhor o público, uma vez que a renda não é suficiente para suprir as despesas de todas as atividades desenvolvidas e serviços prestados.

Por fim, queremos destacar e parabenizar à pró-atividade do Conselheiro Tutelar que tem se mostrado politicamente ativo!

PARABÉNS EMERSON FERRARI

Abaixo vamos colocar a história do Lar dos Idosos, retirada de seu site.

O ano de 1980 foi um marco na história da entidade. A Associação Filantrópica foi criada no dia 1º de setembro de 1980 e no dia 10 de outubro do mesmo ano a mesma foi registrada em cartório, sendo que no dia 30 de dezembro, pouco mais de 2 meses após, foi registrada em cartório, a doação do terreno à IRMANDADE PADRE EMANOEL D’ALZAN pela Prefeitura Municipal de Palmeira d’Oeste – SP, através do  Prefeito Municipal Baptista Álvares Campos, embora a entidade tenha passado a receber seus moradores e a funcionar de fato em  1983.  Neste ano o Prefeito Hélio Ponce, com uma festa comemorativa, deu início ao funcionamento do Lar dos Idosos do Distrito de Dalas, com o nome fantasia “Lar dos Velhinhos de Dalas”. Antes no local era uma escola, mas com a construção de um novo prédio escolar o mesmo ficou fechado. Começou com 8 idosos de Palmeira d’Oeste e 4 idosos de do município de Sud Menucci, em um total de 12 idosos, depois foram chegando mais até o número de 22 idosos.  No início a entidade era mantida com os bailinhos que eram realizados semanalmente no Centro Comunitário de Palmeira d’Oeste e pela Prefeitura, além de muitas doações arrecadas por toda a região, assim era totalmente gratuito para os idosos.  Com o tempo os idosos passaram a contribuir com 70% de suas aposentadorias.

O vereador Tunico Ponce (Antonio Ponce Soler) foi o primeiro Presidente da instituição e Cleonice Rocha foi a primeira coordenadora e os funcionários eram todos servidores municipais. Cleonice Rocha foi retirada de suas funções da coordenação no mandato de do Prefeito Francisco Félix Mendonça e no mandato do Prefeito João Boiadeiro (João Farias Gonçalves) a mesma retornou à coordenação.  

Em 1985 foi inaugurada a “Creche Menino Jesus”  que passou a funcionar no mesmo prédio junto com o Lar dos Idosos, iniciativa do atuante vereador da época, o Sr. Chauk Hadadi, popular Chôi, período em que já acontecia o segundo mandato de presidente pelo João Farias Gonçalves, que permaneceu por 2 mandatos – 4 anos, este realizou criação de porcos e  construiu uma granja, onde  galinhas e ovos e produtos suínos eram para o consumo dos idosos, realizando ainda a plantação de 50 pés de côcos no quintal, além de promover campanhas para mobiliar a entidade e arrecadar alimentos. Antes havia várias mangueiras que o próprio vereador Tunico, primeiro presidente, plantou. Desde o início as igrejas e centro espíritas realizavam suas reuniões na entidade.

Houve na cidade durante muitos anos um Padre de origem holandesa, chamado Padre Gilberto Nievergeld, muito comunicativo e amigo dos Prefeitos e desde a gestão do Prefeito  Batista Álvares Campos, realizou o pedido para que o Lar dos Idosos, fosse denominado como “IRMANDADE Padre Emanoel d’Alzan e seu pedido foi atendido como uma homenagem à representatividade do atual padre da cidade na época. 

O Distrito de Dalas era acessado por estradas de chão batido e foi no mandato de Hélio Ponce que houve a ligação asfáltica entre Dalas e Palmeira d’Oeste, dando continuidade até a rodovia Feliciano Salles da Cunha, que liga o município de Mirassol- SP a Ilha Solteira – SP. 

fonte: http://lardosidososdedalas.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *